Desculpas esfarrapadas

O divórcio vem se expandindo pelo mundo, e o casamento vem sendo a última opção de muitos, pois preferem beijar várias bocas antes de casar, esperam concluir a faculdade e qualquer outra coisa, só para não casar logo.

Alguns demoram tanto tempo pra tomar essa decisão, que acabam tendo relações sem o consentimento de Deus.
“Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.” (1 Coríntios 7-9)

O que tem acontecido com a mentalidade das pessoas? Qualquer desentendimento pequeno, já é motivo para se separar e raramente encontramos hoje em dia, casais que permanecem juntos durante muitos anos.

Nas redes sociais, vemos a cada segundo uma declaração de amor, muitos beijos e demonstrações de afeto, porém, no convívio diário, a realidade passa bem longe disso.

Dizem que amam, mas não podem ver um novato(a) na igreja, que já ficam distribuindo simpatia com outras intenções. Nos privados é cada conversa comprometedora, que seu relacionamento iria ser rompido rapidinho.

Prometem fidelidade, mas na primeira oportunidade pecaminosa, se envolve sem pensar duas vezes. Esqueceu de quanto essa pessoa te ama e se esforça pra permanecer ao seu lado?

Saiba que Deus contemplou tudo que você prometeu no altar, durante seu casamento e também vai contemplar tudo que você fizer nas escondidas, ocultando do seu cônjuge.

Qual o seu problema? Por qual motivo não se contenta apenas com sua mulher ou seu marido? Não venha alegar falta de atenção e outras desculpas ridículas, pois se seu companheiro não tem lhe tratado do jeito que você anseia, fale pra ele.

É através dos diálogos que as coisas se acertam, é colocando as cartas na mesa, que esclarecemos tudo. Isso é falta de Deus e estás tentando preencher com qualquer coisa.

Não venha com essa barbaridade de dizer que seu casamento está frio, desgastado e não recebe mais atenção do seu parceiro, e por esse motivo veio alguém, te deu um elogio e simplesmente você se encantou e caiu no laço de Satanás.

Averiguando o comportamento das pessoas em relação a esse assunto, chegamos a conclusão que o problema não está no casamento delas, e sim, nelas mesmos.

Chega de ficar colocando a culpa nos outros, assuma seus próprios erros e aprenda a recomeçar. Não venha me dizer que você estava deitada, aí uma força maior lhe levou até o local do pecado e ainda te obrigou a trair seu cônjuge.

Você fez porque quis, transgrediu porque essa era sua vontade, não adianta ficar chorando e fazendo drama tentando convencer as pessoas que “simplesmente aconteceu”.

A única coisa que o inimigo faz para contribuir com isso, é lhe apresentar uma proposta tentadora, o resto depende totalmente de você.

O mundo oferece tudo que agrada nossa carne e nos afasta de Deus. Se você está enfrentando uma guerra contra a sua carne, ore e se afaste de tudo aquilo que contamina seus olhos.

Se você já caiu, se machucou e aprendeu a lição, jogue no mar do esquecimento o que aconteceu e viva o hoje, vigiando sempre pra não cair de novo. Peça perdão ao seu amado(a) e ganhe a confiança dele novamente.

Entenda que todas as pessoas erram, mas nem todas permanecem no erro. Se aproxime de Deus, pois cada degrau que subimos, é um sinal que estamos mais distantes do que o mundo nos proporciona, pois só existe queda, se estivermos fracos espiritualmente