Jesus te capacita

Nos sentimos incapazes de realizar algo, mas se Deus te mandou ir, não desanime, siga em frente. Não foi à toa que Ele te escolheu para essa grande obra, se Ele está contigo, a vitória é certa.

Não questione, pois Zacarias questionou o anjo e acabou mudo, por isso. Ele não erra de endereço e nem se confunde no cumprimento da promessa, passe o tempo que passar, Ele vai cumprir.

Sabemos que é difícil esperar, mas lembre que é mais difícil ainda, sofrer as consequências de uma escolha errada. Pare e pense:” melhor é aguardar o SIM de Deus, do que desobedecer e sofrer por esses atos depois.”

No livro de Eclesiastes, capítulo 3, diz que para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.

Tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las.

Tempo de abraçar e tempo de se conter, tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de lançar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz.
 
Ou seja, precisamos passar pelo deserto para nos fortalecer, aprender, crescer espiritualmente e não querer empinar o nariz. Esse tempo é necessário, pra quando chegarmos na terra do cumprimento da promessa, possamos olhar para o céu e dizer:” valeu a pena, cada momento que passei chorando e cantando, pois Deus me honrou.”

Aproveite esse tempo, pra adorar, fazer visita, buscar a presença do Senhor e ganhar almas para o reino. Enquanto você trabalha na obra, Deus trabalha ao seu favor. Confie naquele que te prometeu e deixe Ele agir da forma Dele.

Use o dom que Ele te deu, não deixe arquivado na gaveta. Se você se acha desafinado, é você mesmo. Se vou considera pequeno demais, pra tamanha responsabilidade, é você mesmo. A sua humildade, vai te levar longe, pois quando nos achamos pequenos, quer dizer que colocamos Deus em destaque. O nosso “eu” desaparece e o nome Dele é glorificado em tudo.